De 05 Ago 2017

Quais impostos o condomínio deve pagar

Todos os impostos que o condomínio deve pagar

Os condomínios não se enquadram em regimes tributários, portanto condomínios não são isentos de pagar impostos e, assim, são responsáveis tributários.

Aqui está uma lista dos impostos  que o condomínio deve pagar à Receita Federal: FGTS, INSS, PIS/COFINS, ISS e CSLL.

FGTS: é o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço. Valor pago quando o condomínio tem funcionários contratados. O valor equivale a 8% da remuneração mensal do funcionário e deve ser pago mensalmente

INSS: é o valor do Instituto Nacional do Seguro Social que deve ser pago também a todos os funcionários contratados, sendo carteira assinada, autônomo e síndico. O valor equivale a 20% do salário do profissional.

PIS/PASEP: é o Programa de Integração Social, que financia o pagamento do seguro-desemprego e abono. Só deve ser pago quando o condomínio tem empregados. O valor equivale a 1% da folha de pagamento do funcionário, mas pode variar conforme o estado.

COFINS: Contribuição para Financiamento da Seguridade Social. É realizada com o valor acima de R$ 215,05 por nota fiscal de um contratação de prestadores de serviço.

ISS: sigla de Imposto Sobre Serviço. Valor cobrado na contratação de autônomos, esse imposto varia conforme o município. Nesse caso, se informe da legislação na sua cidade.

CSLL: é o valor de Contribuição Sobre o Lucro Líquido. É apenas realizada no caso de contratação de prestadores de serviços.

Por Yuri Inhamuns